quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Lavandas

Por Grazielle Pansard
Adaptação de "Campainha" de John Keats (1795-1821)
Portal do Arco-Íris, dezembro de 2013. 

Uma cerca de aveleira entrelaçada de urzes brancas
E feixes de madressilvas levando o vento suave
A seus tronos de verão: ali também deviam ficar
As abundantes sorvas de uma planta nova que, 
como muitas irmãs do [vento] mesmo verde-claro, brota
Do musgo exótico de velhas raízes;
Em volta delas ouve-se a nascente de águas claras,
Numa tagarelice incoerente sobre suas filhas graciosas,
As dispersas lavandas: talvez lamente
Que descuidadas mãos infantis arranquem lindos ramalhetes
Dos novos canteiros e estouvadamente os espalhem
Pelo caminho, deixando as flores morrer...

E semente brotar.

Fotografia GraziMonica 




Número de visitas